(51) 3472-6445 (51) 99590-4060

Kit de Insumos Cerveja Artesanal Porter (Opções de 10 a 40L)

REF:

| ver avaliação

A Partir de:
R$ 57,90

ou 4x de R$ 14,48 Sem juros
QUANTIDADE
 
CEP
Simulador de Frete
- Calcular frete
Não sei meu CEP

 

Kits de Insumos Cerveja da Casa

 

Composição*:
- Malte base Agrária.
- Maltes especiais belgas.
- Lúpulo de amargor.
- Lúpulo de aroma.
- Fermento.
*Todos os insumos utilizados são de marcas renomadas com qualidade atestada.

 

Acompanha o kit:
- Passo-a-passo da receita (contendo as quantidades de cada ingrediente, temperaturas de brassagem, fervura, fermentação, maturação, OG, FG e ABV médio).
- Tampinhas para garrafa
(20 no kit de 10l / 40 no kit de 20l / 60 no kit de 30l e 80 no kit de 40l).
- Moagem do malte opcional gratuita. 

 

ATENÇÃO

Os maltes são enviados em embalagens a vácuo, o que garante uma maior preservação da qualidade e das características originais dos grãos. Porém, não nos responsabilizamos pela perda do vácuo que, eventualmente, pode ocorrer durante o transporte.

Depois de moído, o malte deve ser utilizado o mais breve possível, preferencialmente em até 10 dias depois da moagem (após este período, pode haver perda na qualidade). Se o malte estiver embalado a vácuo, esse tempo aumenta consideravelmente. Lembre-se que ocasionalmente as embalagens podem perder o vácuo durante o transporte. O cliente que solicitar o envio do malte moído deve assumir esta responsabilidade.

 

OBS.: imagens meramente ilustrativas, apenas para demonstrar como os kits são embalados.

 

CARACTERÍSTICAS DA PORTER


Impressão Geral: Uma cerveja marrom de moderada intensidade, com um caráter restrito torrado e amargo. Pode ter uma variedade de sabores torrados, geralmente sem qualidades queimadas, muitas vezes com um perfil de malte-caramelo- chocolate.

Aroma: Moderada a moderadamente baixo aroma de malte de pão suave, biscoito e tostado, podendo ter uma característica de chocolate. Também pode mostrar algo do caráter de malte não tostado em apoio (caramelo, nozes, toffee e/ou doce). Pode ter até um nível moderado de lúpulo floral ou terroso. Ésteres frutados são moderados a nenhum. Diacetil baixo a nenhum.

Aparência: Cor marrom claro a escuro, muitas vezes com reflexos rubi de translúcido. Boa limpidez, embora possa se apresentar quase opaca. Espuma de moderada formação, bege claro a leve bronzeado, com boa e justa retenção.

Sabor: Moderados sabores de malte de pão, biscoito e tostado que inclui uma média a moderada qualidade torrada (frequentemente com um caráter de chocolate) e muitas vezes com significativo caráter de caramelo, de noz (nutty) ou toffee. Pode ter outros sabores secundários como café, alcaçuz, biscoitos ou tostado, de apoio. Não deve ter um gosto áspero torrado ou queimado significativo, embora pequenas quantidades podem contribuir com uma complexidade de chocolate amargo. Sabor de lúpulo moderado a nenhum, terroso ou floral. Lúpulo de amargor médio-baixo a médio variam o balanço de ligeiramente maltado a ligeiramente amargo. Geralmente muito bem atenuada, embora possa ser um pouco doce. Diacetil moderadamente baixo a nenhum. Ésteres frutados moderados a baixos.

Sensação de Boca: Corpo médio-baixo a médio. Carbonatação moderada a moderadamente alta. Leve a moderada textura cremosa.

Comentários: Esta descrição do estilo corresponde à versão moderna de English Porter, não todas as possíveis variações ao longo do tempo em todas as regiões onde existiam. As reconstituições históricas podem ser registadas na categoria de estilo Historical Beer, com uma descrição apropriada do perfil da cerveja. Os exemplares de artesanais modernas no Reino Unido são mais intensas e mais lupulados.

História: Originalmente de Londres, a cerca de 300 anos atrás, a Porter evoluiu de uma cerveja Brown Ale jovem e doce, popular na época. Ela evoluiu muitas vezes devido a vários desenvolvimentos tecnológicos e de ingredientes, além de preferências dos consumidores que impulsionaram estas mudanças. Tornou-se um estilo muito popular, amplamente exportado a partir de 1800, mas decaindo pouco antes da Primeira Guerra Mundial e desaparecer na década de 1950, sendo reintroduzido em meados da década de 1970 com o início da era da cerveja artesanal. Diz-se que o nome é derivado de sua popularidade entre a classe trabalhadora de Londres que realizavam várias tarefas de manuseio e transporte de de carga durante o dia. Mãe de várias interpretações regionais ao longo do tempo e uma antecessora de todas Stout (originalmente chamado "Stout Porters"). Não há nenhuma conexão histórica ou relação entre Mild e Porter.

Exemplos Comerciais: Burton Bridge Burton Porter, Fuller’s London Porter, Nethergate Old Growler Porter, RCH Old Slug Porter, Samuel Smith Taddy Porter.

Características


    Comentários

    Deixe seu comentário e sua avaliação


    Duvidas