Atendimento

0

Fabricação própria

de equipamentos

Envios

para todo o Brasil

Fidelidade

compre e ganhe bônus

Pague com cartão

em até 12x sem juros

Pague com PIX

e ganhe 5% de desconto

08/01/2024

Serie Escolas Cervejeiras: Escola Inglesa

A Escola Inglesa de cerveja, também conhecida como Escola Britânica, abrange a Inglaterra, Escócia e a Irlanda. Esta escola é conhecida por suas lagers e ales, e é famosa por seus tradicionais pubs, onde a cerveja é frequentemente consumida diretamente do barril. As cervejas desta escola tendem a ser levemente descarbonatadas, com menos gás, e mais fortes em sabor, amargor e teor alcoólico.

História da Escola Inglesa

A história da cerveja na Grã-Bretanha remonta à Idade do Ferro, antes da era cristã, quando as ilhas britânicas eram habitadas por tribos celtas. Hoje, existem cerca de 50 mil pubs no Reino Unido, onde mais de 70% de toda a produção de cerveja é consumida.

Estilos de Cerveja Ingleses

  1. Pale Ale: Este estilo é um dos pilares da evolução da cerveja na Grã-Bretanha nos últimos três séculos. As Pale Ales geralmente têm uma cor âmbar a acobreada e um perfil decididamente maltado, com aromas que vão do biscoito a turfa, passando por notas de caramelo, toffee e até notas defumadas.

  2. Porter e Stout: Estes são estilos de cerveja escura e encorpada, muito característicos da Escola Inglesa. Isso se deve, em parte, ao fato de que as águas disponíveis na maioria das áreas das ilhas são duras e alcalinas, o que favorece a produção de cervejas escuras.

  3. Bitter: Este é um estilo de cerveja de cor dourado a magno, com teor alcoólico baixo que vai de 3,5% a 5%, com sabor que pode ir de leve a intenso amargor. A base pode ter maltes claros aos levemente torrados. Geralmente é servida sem colarinho, apenas com uma camada fina de espuma.

  4. Old Ale, Brown Ale: Estes são outros estilos bem conhecidos da Escola Inglesa. As cervejas Ale inglesas são extremamente equilibradas, elegantes e harmoniosas, nada é em excesso. Sutileza e cuidado definem essa escola.

  5. IPA (India Pale Ale) é um estilo de cerveja que se tornou emblemático da escola cervejeira inglesa. No entanto, a história popular de que a IPA foi criada com mais lúpulo para resistir à longa viagem marítima da Inglaterra para a Índia é considerada um mito. Pesquisas recentes indicam que cervejas como Porters e Pale Ales já eram exportadas com sucesso para a Índia desde 1711, e os cervejeiros ingleses já sabiam desde o século XVIII que qualquer cerveja que precisasse percorrer longas distâncias deveria ter mais lúpulo. A IPA, na verdade, parece ter evoluído naturalmente das Pale Ales já existentes, tornando-se mais lupulada ao longo do tempo. O nome "East India Pale Ale" só aparece pela primeira vez em texto escrito em 1829. As IPAs inglesas tradicionais são conhecidas por seu equilíbrio entre o malte e o lúpulo, com um aroma de lúpulo intenso e notas florais, herbais e terrosas. Elas são geralmente mais suaves e menos amargas do que as IPAs americanas, com um teor alcoólico que varia entre 4,5% e 7,5%.

Movimento CAMRA

Em 1971, surgiu a CAMRA – Campaign for Real Ales. Esta é uma organização de consumidores independentes, com mais de 185 mil membros, que promove a conservação das tradições cervejeiras britânicas.

Inovação na Escola Inglesa

Apesar da forte tradição, a Escola Inglesa também tem espaço para inovação. Por exemplo, a cervejaria escocesa Brewdog é conhecida por suas cervejas inovadoras e de alta qualidade.

Em resumo, a Escola Inglesa de cerveja é conhecida por sua tradição, equilíbrio e sutileza, mas também tem espaço para inovação. Seus estilos de cerveja são repletos de aroma, sabor e história, refletindo a rica história cervejeira da Grã-Bretanha.